segunda-feira, 5 de julho de 2010

X-Men Origins: Wolverine (Jogo)

Bom, na minha segunda análise vou falar sobre um caso raro na indústria dos jogos: um bom jogo baseado em filme. O alvo será o jogo X-Men Origins:Wolverine baseado no fraquíssimo e bizarro filme (ainda não acredito no que fizeram com o Deadpool). Então sem mais delongas vamos ao que interessa.

X-MEN ORIGINS:WOLVERINE (versão avaliada X-BOX 360)
Photobucket

Ficha:
Produtora: Raven Software
Distribuidora:Activision
Gênero:Ação
Data de Lançamento:2009
Outras versões disponíveis:PCs, PS2, PS3, Wii, DS, PSP.

História:

A história se baseia no filme mas também toma suas próprias liberdades o que termina por ter um resultado muito bom (leia-se Sentinela), a história do jogo só tem uma grande falha, se basear na do filme.

Photobucket

Jogabilidade:

A jogabilidade é outro ponto forte do jogo, controles simples de fácil memorização, e de resultados incríveis apesar de que em alguns momentos se nota uma certa semelhança com uma certa franquia da Sony, mas ao contrário do maldito Ghost Rider (oh jogo ruim!), X-Men Origins soube como aproveitar a idéia da mecânica de God Of War e como usá-la de uma forma que tornasse o jogo em algo interessante e que não fosse uma cópia descarada (aprenda com a Raven, Climax!), como um todo a jogabilidade é de uma fluidez incrível só perdendo, talvez, para a do Arkham Asylum (análise pendente). Outra grande sacada é o fator de cura, que funciona como o escudo do Master Chief durante o primeiro jogo de Halo (Halo:Combat Envolved - PC), ou seja primeiro temos um "escudo" e quando esse "escudo" é esgotado os danos começam a tirar vida do personagem, ao se afastar dos combates e ficando algum tempo sem levar danos fazem com que tudo volte ao normal, mas ver partes do esqueleto do Wolverine e depois ver essas mesmas partes voltando ao estado normal é algo que não cansa.

Gráficos:

No geral o jogo apresenta bons gráficos e ótimas CGs, apesar de em alguns momentos ocorrer uma queda na qualidade.

Photobucket

Geral:

A Raven soube como produzir um excelente jogo com o mutante mais popular da Marvel Comics (desde X-Men Legends ela consegue bons resultados), o fato dela ter tido um bom tempo para trabalhar no jogo também ajuda (desde antes do filme ser anunciado a Raven já vinha trabalhando em um jogo do Wolverine), em alguns momentos é possível ter uma clara visão de que o jogo sofre grande influência de God Of War, mas nem por isso se torna uma cópia descarada (vale lembrar que o estilo de Kratos é idêntico ao do Wolverine). O jogo também quebra um fato tido como imútavel e mostra que sim, é possível fazer um bom jogo baseado em filmes, tudo o que é preciso é tempo para se trabalhar e uma equipe criativa, aprenda com a Raven SEGA! Outro bônus do jogo são os uniformes extras que podem ser desbloqueados ao longo do jogo. Em minha opinião só faltou mesmo aquelas capas de gibis que apareciam até pouco tempo nos jogos de heróis.


Nota - 9,8 (excelente)