sábado, 27 de dezembro de 2014

Trilogia Arkham - Parte I

Saudações, fieis leitores!  Uma vez mais convosco, volto para tratar de um tema quase nunca discutido por estas paragens mas que, há muitos e muitos anos, já chegou a ser debatido por aqui. Falo sobre videogames e, nesta postagem em particular, falaremos sobre a Trilogia Arkham - Arkham Asylum, Arkham City e o infame Arkham Origins. Nesta primeira parte, vamos falar do progenitor da série, o Arkham Asylum, sem mais delongas, aqui  vamos nós:



sábado, 20 de dezembro de 2014

Os 5 piores filmes de 2014

Assim como os ótimos filmes que tivemos em 2014, preparei um top cinco com os grandes vexames que deixaram o ano bem decepcionante, destacando também a menção desonrosa que vai desagradar a muitos fãs que inacreditavelmente gostam da nova trilogia da Sony Pictures. Além do lançador de teias, teve muito herói da mitologia decepcionando no ano, sem falar da presença assídua de Tom Cruise e de Michael Bay, todavia, dessa vez Adam Sandler ficou de fora e olhe que ele se esforçou para entrar na lista graças a Juntos e Misturados, confira o top 5!
Lista também reúne a menção desonrosa do ano. (Sala Reclusa)

Os 5 melhores filmes de 2014

Olá, amigos cinéfilos! Como de costume nos fins de ano, aqui estou para apresentar meu top 5 dos melhores e piores filmes do ano, dessa forma, começarei indicando os cincos filmes que mais me agradaram e dando meu ponto de vista em relação a cada escolha, além dos cinco melhores, sempre indico uma faixa bônus, uma menção honrosa a um filme que também me agradou, mas que não tem cacife ou patamar para integrar o top five. É sempre bom destacar que não sigo os padrões da Academia, para mim, todos os filmes aqui em baixo são de qualidade, embora acredite que apenas dois figurarão a lista dos premiados no Oscar 2015, que os jogos comecem!
O nosso top 5 de 2014, Marvel ressurge e renomados diretores mantém boa forma. (Sala Reclusa)

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos – Resenha Crítica

Concluindo mais uma épica saga de Tolkien, Peter Jackson apresenta a Batalha dos Cinco Exércitos, o filme que fecha o ciclo de Bilbo, Thorin e a companhia de anões que visavam reconquistar Erebor e se livrar do temido Smaug. A Warner bateu muito na tecla de que com o fim da saga do hobbit, ela deixaria de produzir histórias sobre a Terra-Média, mas será mesmo que a produtora vai abrir mão de um de seus carros-chefe na grade? Duvido bastante, mas a verdade é que o Hobbit dificilmente deixará o legado ou apresentará o mesmo impacto que o Senhor dos Anéis deixou no início do novo milênio, Thorin jamais será Aragorn e, quer queira quer não, Martin Freeman (Bilbo) não chegou aos pés de Elijah Wood (Frodo).
A Batalha dos Cinco Exércitos encerra mais um épico do Tolkien. (Divulgação)

sábado, 13 de dezembro de 2014

Garota Exemplar – Resenha Crítica

Mais um Best-seller que é adaptado para o cinema, Garota Exemplar foi lançado em 2014 e, dirigido pelo norte-americano David Fincher (Clube da Luta e a Rede Social), lembrando também que o livro foi escrito Gillian Flynn, escritora americana que tem Garota Exemplar como seu carro-chefe, o principal produto. Bem, recebi a indicação do filme e confesso que não conhecia a história, portanto a crítica será única e exclusivamente sobre o novo longa, ficarei devendo sobre o livro... Por enquanto!
Garota Exemplar entra forte na disputa por prêmios da Academia. (Divulgação)

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Terra Fria – Resenha Crítica

Escrito por Lívia Costa

"Em 1975 as minas de Minessota contrataram pela primeira vez mulheres mineiras. Em 1989, ainda haviam 31 mineiros homens para cada mulher." É dentro dessa realidade que o filme Terra Fria (2005) narra a vida de Josey Aimes (Charlize Theron), uma mulher que em função de seu casamento fracassado retorna a sua cidade natal. Como mãe solteira, para garantir o sustento dos seus dois filhos, resolve encarar o desafio de trabalhar na maior fonte de emprego local: as minas de ferro. 
Longa de 2005 mantém firme a problemática do preconceito
 contra a mulher. (Divulgação)

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Interestelar - Resenha

Saudações fieis leitores! Após um longo sumiço, aqui estou eu para fazer a resenha de Interestelar, o mais novo filme do Christopher Nolan - e que Deus me ajude a fazer isso. Então,  sem mais delongas, aqui vamos nós:


E, antes que eu me esqueça: Sim, esse texto pode conter spoilers - ou não. Afinal, essas coisas são relativas.




segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Debi e Lóide 2 – Resenha Crítica

Candidato forte ao filme mais nostálgico do ano, Debi e Lóide 2 manteve seu estilo de comédia que o consagrou nos anos 1990. É engraçado ver os “velhinhos” Jeff Daniels e Jim Carrey reinterpretar os retardados Debi e Lóide, na sequência de 2014, as piadas seguiram boas e temos uma comédia do início ao fim. Começando com o pé direito, o filme conta com a participação de Brady Bluhm, ator que interpreta Billy, um menino paraplégico e cego, no qual a dupla Debi e Lóide tira sarro do início ao fim no primeiro filme. O fato é que ele cresceu bastante, mas as palhaçadas com o garoto permanecem, cenas hilárias, por sinal.
Jim Carrey precisava dividir as atenções para voltar a fazer um bom filme. (Divulgação)

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Rio, 40 Graus – Resenha Crítica

Buscando aprofundar os conhecimentos sobre o cinema nacional moderno, procurei indicações e descobri verdadeiras riquezas cinematográficas que o meu país pode oferecer, iniciei minha lista com Rio, 40 Graus, um filme de 1955, dirigido e escrito por Nelson Pereira dos Santos. Pois bem, sairei da mesmice nesta postagem, farei um apanhado sobre quantas reflexões o filme oferece e como o longa influenciou algumas boas obras do cinema atual.

O contraste da Cidade Maravilhosa sendo retratado
 há mais de cinquenta anos. (Divulgação)

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Magia ao Luar – Resenha Crítica

De volta após um longo inverno, a Sala Reclusa retorna com o novo sucesso de Woody Allen, o renomado escritor, ator e diretor uniu Colin Firth, experiente e vencedor do Oscar de melhor ator por O Discurso do Rei, a Emma Stone, uma jovem em ascensão que realmente prova ter talento. Magia ao Luar retrata a história de um mágico cético que trabalha desmascarando falsos médiuns, Stanley Crawford (Colin Firth) não é um dos personagens mais agradáveis, mas seu estilo descrente faz com que ele não se torne tão entediante.
Allen não traz tanta novidade em Magia ao Luar. (Divulgação)

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

As Tartarugas Ninja – Resenha Crítica

Menos explosivo que a característica de Michael Bay, muito melhor graficamente que a trilogia dos anos 1990 e que a animação de 2007, o novo filme das Tartarugas Ninja, dirigido por Jonathan Liebesman, superou minhas expectativas e já pode ser considerado um dos ótimos filmes do excelente ano de 2014. Diferentemente dos demais filmes, o remake foca um pouco mais na vida de April O’Neil (Megan Fox), repórter que quer descobrir algo novo em uma cidade que é dominada pela  Foot Clan, uma clã liderada pelo temido Destruidor (Tohoru Masamune), detalhe, a atuação de Fox segue o nível dela, ou seja, uma cara de atriz pornô em uma atuação de atriz pornô amadora como dizem os amigos do Honest Trailer.
Uma ótima pedida se você procura ação e comédia. (Divulgação)

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Guardiões da Galáxia - Crítica

Saudações, fieis leitores! Retornando as atividades normais do blog, trago até vocês a resenha do mais novo filme do Marvel Studios, o Guardiões da Galáxia. Para mais informações, é só clicar no link abaixo:

(foto de divulgação)



sábado, 9 de agosto de 2014

Os Mercenários 3 – Resenha Crítica

Olá, amigos da Sala Reclusa! Um dos filmes mais hilários da atualidade chegou ao seu terceiro longa, a reunião de grandes astros da história dos filmes de ação ficou ainda mais recheado no lançamento interessante de 2014, Os Mercenários 3 repete a dose de explosões, lutas e muita comédia, vale a pena conferir! Sylvester Stallone continua liderando sua trupe, mas perdeu a presença de Bruce Willis e Chuck Norris, mas ganhou muita qualidade com Wesley Snipes, Antonio Banderas e, é claro, os grandes Harrison Ford e Mel Gibson. Quem retornou a história foi Jet Li, o chinês faz somente uma pequena participação, participação essa para lá de bizarra.
Elenco recheado de estrelas já resume o quanto de ação o filme proporciona. (Divulgação)

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Xógum - Resenha



Saudações, fieis leitores! Após um breve período de recesso, retorno até vocês com a resenha de um de um dos livros mais fascinantes, porém nem tão bem conhecidos assim, que eu já tive a oportunidade de ler.

Falo sobre Xógum, a obra mais conhecida do escritor/diretor/roteirista James Clavell. Para mais informações, continue lendo esta postagem.


(capa da edição da Editora Sextante) 





quarta-feira, 16 de julho de 2014

Game of Thrones 4° Temporada – Resenha Crítica

Olá, amigos da Sala Reclusa! Foi um longo e excelente mês de Copa do Mundo, com isso, acabei me dedicando com maior prioridade a Tribuna do Cisco, porém o Mundial chegou ao fim e volto minhas atenções para muita coisa que aconteceu em junho e julho. Primeiramente, escolhi recomeçar falando da melhor série da atualidade, isso mesmo, Game of Thrones chegou a quarta temporada gerando muitas expectativas, essas confirmadas com mais dez episódios excepcionais! A direção novamente acertou em, mesclar os cinco livros para não perder o foco em quase nenhum personagem importante, sem falar da chegada de novos personagens que se destacaram, alguns deixaram saudades!
A quarta temporada só não superou a primeira em questão de qualidade. (Sala Reclusa)

terça-feira, 24 de junho de 2014

O melhor da Marvel Select

Saudações, fieis leitores! Hoje, vamos tratar de um assunto até então não abordado antes em toda a curta história de vida deste blog. Para aqueles familiarizados com a Marvel Select, creio que o título deste post já é auto explicativo, para aqueles que não conhecem aqui vai uma breve explicação:

A Marvel Select é uma linha de action figures de heróis e vilões do Universo Marvel  produzida pela Diamond Toys desde 2002. Ela é reconhecida por seu extremo apuro com os detalhes - que vão desde detalhes ínfimos como a textura até outros bem mais complexos, como expressão facial. Outro ponto interessante é que as figuras da linha Marvel Select são geralmente bem maiores do que as concorrentes - apesar de que seu tamanho variar muito de peça pra peça. Também valer ressaltar que, apesar da beleza das peças, elas possuem poucas articulações - apesar de que os produtos mais recentes da linha estarem revertendo isso, se aproximando mais da clássica Marvel Legends - o que pode diminuir um pouco do interesse em torno delas.

Para esta postagem, escolhi 10 das figuras da série. Dependendo da recepção da mesma, posso voltar em uma nova postagem com mais peças ou mesmo falar de outras franquias como a Marvel Legends e a esquecida Figure Factory.

Então, sem mais delongas, aqui vamos nós:



 (logo oficial da Marvel Select)

domingo, 8 de junho de 2014

Da Vinci’s Demons 2° Temporada – Resenha Crítica

Olá, amigos da Sala Reclusa! Após um ano de expectativa para ver o que realmente aconteceu naquele season finale da primeira temporada, eis que chegou a segunda temporada de Da Vinci’s Demons. A fictícia série sobre um dos maiores artistas da história da humanidade dar um tom de heroísmo e misticismo ao italiano, a Starz acertou na escolha do pintor, mas os Demônios de Da Vinci ficam muito atrás do épico Spartacus (série que elevou o patamar da produtora), embora a atual série seja muito boa.
A segunda temporada resolveu alguns mistérios, mas ficou devendo em alguns aspectos. (Divulgação)

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Sem Escalas – Resenha Crítica

Olá, amigos da Sala Reclusa! Com pânico ao viajar de avião? Medo de assalto ou sequestro? Duvidando das pessoas que você acaba de conhecer ou tem que conviver? Eis o novo filme da lenda vida Liam Neeson, Sem Escalas foi lançado em fevereiro de 2014 e foi dirigido pelo espanhol Jaume Collet-Serra, mesmo que dirigiu Desconhecido, também protagonizado por Neeson. Além dos dois filmes, o diretor de apenas 40 anos também dirigiu A Casa de Cera, Gol 2: Vivendo o Sonho e A Órfã.
Liam Neeson protagoniza mais duas horas de muita ação. (Divulgação)

segunda-feira, 26 de maio de 2014

5 Histórias para Gostar do Homem de Ferro - Parte III


Após quase um ano sem tocar nesta série, trago até vocês mais uma parte da matéria "5 Histórias para Gostar do Homem de Ferro". Desta vez, vamos viajar ainda mais rumo ao passado, em direção aos longínquos anos 70, quando os hippies ainda faziam sentido, o rock alcançava seu auge, estudantes protestavam ao redor do mundo e a União Soviética era a grande ameaça do momento. Nesse contexto de revolta estudantil, tiramos a história deste post, que eu chamo por:

(Divulgação)

sábado, 24 de maio de 2014

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido - Crítica

Saudações, fieis leitores! Retorno até vocês para, mais uma vez, fazer uma crítica de um filme. Desta vez, no entanto, venho até aqui para falar sobre o retorno de uma das franquias cinematográficas mais populares de todos os tempos. Sim, estou falando de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido.

No entanto, antes que comecem a ler a crítica, sugiro que leiam esta excelente matéria escrita por Claudio Roberto Basílio no site HQManiacs sobre o arco que inspirou o filme e só depois venham ler a crítica.

Todos prontos? Então lá vamos nós!

Dias de um Futuro Esquecido resgata a franquia dos X-Men. (Cinepop)

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Arrow 2° Temporada – Resenha Crítica

Olá, amigos da Sala Reclusa! Após um longo inverno estou de volta! Hoje, volto a escrever sobre uma das minhas séries preferidas na atualidade, a segunda temporada de Arrow se encerrou na noite de ontem, enfim tivemos um embate que esperamos toda a temporada, a luta entre o Arqueiro Verde contra o Exterminador, rivalidade essa que acompanha todos os fãs da DC. Eu, por exemplo, fui alimentando tamanha rivalidade jogando Injustice, o game ajudou bastante a impulsionar a série na minha visão, todavia, a segunda temporada manteve o padrão da primeira, ou seja, foi espetacular!
Segunda temporada mantém o brilho da primeira. (Deviantart/Sala Reclusa)

sexta-feira, 9 de maio de 2014

O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro - Resenha

Saudações, fieis leitores! Retorno até vocês para trazer a resenha do segundo filme da nova franquia do escalador de paredes favorito de todos. Então, vamos acabar logo com isso:

O Espetacular Homem-Aranha é febre mundial, embora o filme seja limitado. (Divulgação)

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Capitão América 2: O Soldado Invernal - Crítica

Saudações, fieis leitores! Após um longo hiato venho até você para falar sobre o novo filme da Marvel Studios - Capitão América 2: O Soldado Invernal.  





sexta-feira, 21 de março de 2014

47 Ronin – Resenha Crítica

Olá, amigos da Sala Reclusa! Uma lenda com um toque de fantasia, o Japão no século XVIII, 47 samurais que lutam por sua terra, tradição, honra e glória, eis a história de 47 Ronin. O filme é uma adaptação da lenda, foi lançado no fim de 2013 e tem a estrela Keanu Reeves como protagonista, pelo trailer, tinha tudo para dar certo, terminando o filme, percebi que dava para ter sido bem melhor.
Boas cenas de ação, mas pouco de uma história real
 que foi alterada. (Sala Reclusa)

terça-feira, 18 de março de 2014

12 Anos de Escravidão – Resenha Crítica

Olá, amigos da Sala Reclusa! Esperando algo bem chocante e um filme parado, típico de campeão de Oscar, fui assistir 12 Anos de Escravidão e não que o filme é realmente muito bom! Ele não é chocante, não apela para violência como outros tantos, ele não é parado e sonolento como outros campeões da estatueta e, praticamente foca nas grandes atuações de quase todo o elenco. Lembrando que Steve McQueen foi o primeiro negro a conquistar o prêmio de melhor filme, um tabu que realmente só poderia ser quebrado com uma história tão fascinante e emocionante como os 12 anos em que Solomon Northup foi sequestrado, vendido e submetido aos terríveis trabalhos que os negros eram obrigados a desempenhar.
Melhor filme do Oscar, 12 Anos de Escravidão é um show de
atuações individuais. (Divulgação)

quarta-feira, 12 de março de 2014

Dr.Destino e Dr.Estranho - Triunfo e Tormento - Resenha

Saudações, fieis leitores! Retornando após um longo hiato de postagens, volto até vocês para trazer a resenha de uma das melhores HQs do há muito finado selo Graphic Marvel e relançando pela Panini no ano passado. Sob a batuta de Roger Stern, Mike Mignola e Mark Badger, é com grande orgulho que trago até vocês a resenha de Triunfo e Tormento.

                                                  (Capa do encadernado da Panini)

quinta-feira, 6 de março de 2014

Trapaça – Resenha Crítica

Salve, salve, fãs do cinema e amigos da Sala Reclusa! Após a premiação do Oscar, precisei de alguns dias para entender o porquê de Leonardo Di Caprio seguir sem conquistar uma estatueta, méritos para Matthew McConaughey e para a Academia mais vendida do planeta. Depois disso, voltei a assistir filmes, o escolhido foi um longa muito bem indicado, o grande vencedor do Globo de Ouro, mas que acabou saindo de lá com as mãos vazias no Oscar, Trapaça não deu sorte, mesmo sob direção de David O. Russell.
Grande elenco em um filme razoável. (Divulgação)

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Flores do Oriente – Resenha Crítica

Salve, salve, amigos da Sala Reclusa! É feriado de carnaval e, para nós da Sala, é feriado para assistir a premiação da Academia no Oscar 2014 e, é claro, para assistir muitos filmes. A pedida de hoje foi um “filmaaaaço” com a magistral atuação da lenda viva Christian Bale, o filme chama-se Flores do Oriente, longa lançado em 2011, sob a direção do chinês Zhang Yimou. O filme é passado no ano de 1937, em pleno início da Segunda Grande Guerra, a ilha de Nanquim (território chinês), está sendo invadida pelo exército japonês, na história, estima-se que mais de 200 mil foram mortos, incluindo 20 mil estupros, sim, os japoneses não são um poço de delicadeza, mas nada diferente de qualquer exército.
O domínio brutal dos japoneses em Nanquim. (Divulgação)

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Robocop – Resenha Crítica

Um homem de lata melhor que o Homem de Ferro... Pelo menos melhor que o Homem de Ferro 3, um policial perfeito, o homem que faltou em Tropa de Elite e Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro, eis que o novo Robocop chega a Sala Reclusa. Salve, salve, amigos da Sala Reclusa! Confesso que há tempos que eu esperava por esse filme, para ser sincero, desde que a MGM anunciou José Padilha como diretor do remake, eu já fiquei ansioso, muito pelo potencial que o brasileiro provou ter nos dois Tropas de Elite e começava a imaginar o quanto de liberdade ele teria em solo norte-americano, deu no que deu.
Robocop de José Padilha, mais político do que violento. (Divulgação)

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

A Menina que Roubava Livros – Resenha Crítica

Um livro transformado em filme, uma história fictícia tão real que a pessoa se apega aos personagens e sofre a cada desfecho de cenas. A guerra na visão da própria morte, que não defende, e sim critica as falhas humanas para causar tantas mortes, está em cartaz nos cinemas de todo o país A Menina que Roubava Livros, é óbvio que fui conferir. Salve, salve amigos da Sala Reclusa! Após a empolgada abertura, eis que venho resenhar sobre o aclamado Best-seller de Markus Zusak, levado para os cinemas com a direção de Brian Percival e com produção dos mesmos que produziram As Aventuras de Pi, somente!
História narrada por um personagem misterioso. (Divulgação)

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Cine Holliúdy - Resenha Crítica

Vocês vão assistir ao primeiro filme nacional falado em “cearensês”, por isso, as legendas.
Recorde de bilheteria, Cine Holliúdy realmente é muito bom.
(Divulgação)

Salve, salve amigos da Sala Reclusa! Hoje é um dia especial para nós do blog, falarei sobre um filme nacional pela primeira vez após a reformulação geral na Sala, Cine Holliúdy entrou em cartaz em agosto do ano passado e atraiu um bom público para os cinemas de todo o Brasil. Antes de tudo, quero deixar claro que o foco do filme é mais uma homenagem ao povo do Ceará e Nordeste em geral, e a crise do cinema pelos interiores do nosso país, a televisão tomou conta e agravou o problema, infelizmente, é claro!

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Até os Deuses Erram - Resenha

Saudações, fieis leitores! Retornamos até vocês com mais uma postagem sobre cinema, dessa vez, com um ótimo filme do diretor Sidney Lummet e estrelado pelo ilustre Sean Connery. Então, é com um certo orgulho, que trago até vocês a resenha de:


sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Gravidade – Resenha Crítica

Seguindo a lista de indicados a melhor filme no Oscar 2014, assisti nesta tarde um espetáculo de gráficos, Gravidade apostou em dois grandes astros renomados e de resto, cortou o elenco e proporcionou belas imagens do espaço sideral. Sandra Bullock protagoniza uma hora e meia de filme, enquanto George Clooney faz o que eu chamo de uma ponta de luxo, porque o foco é mesmo de Sandra. De resto, temos uma pequena participação de Paul Sharma, que morre muito rapidamente por conta de detritos, a direção é de Alfonso Cuarón, o mexicano realmente não gastou tanto com elenco.
Sandra Bullock protagoniza cenas sensacionais em Gravidade. (Divulgação)

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

O Lobo de Wall Street – Resenha Crítica

Olá, fãs do cinema! Hoje venho aqui escrever sobre a quinta parceria de Martin Scorsese e Leonardo Di Caprio, parece que, enfim, o grande ator vai conquistar seu primeiro Oscar, sim, estou falando de O Lobo de Wall Street.  Scorsese é definitivamente o cara, após fazer o sensacional Hugo Cabret, ele volta as telonas com um filme bem mais pesado, com um tema completamente diferente, deixando para trás os gráficos excepcionais e a temática singela do filme do menino parisiense. Em Wall Street, dessa vez, não temos Michael Douglas como o fantástico Gordon Gekko, mas a menção ao mito é honrada no longa.
Mais um grande sucesso da dupla Di Caprio e Scorsese. (Divulgação)

domingo, 26 de janeiro de 2014

Arrow – 1° Temporada – Resenha Crítica

Amigos, companheiros da Sala Reclusa! Aqui estou para a crítica de mais um sucesso das telas americanas, dessa vez, não escreverei sobre um longa-metragem, e sim sobre uma série que conta a história de um dos heróis mais fantásticos da DC, o Arqueiro Verde. A primeira temporada é sensacional do início ao fim, deixando um suspense e mistério que só são revelados no seu vigésimo terceiro episódio, o último da temporada. A série foi lançada em outubro de 2012 e ficou bastante famosa por sacramentar o sucesso do canadense Stephen Amell, que encarnou o papel de Arrow e atraiu milhões de fãs, além do sucesso na crítica.
De Oliver Queen para Arqueiro Verde, a série é sensacional! (Divulgação)

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

10 Histórias - Edgar Allan Poe

Saudações, fieis leitores! Em vista ao aniversário de 205 anos do nascimento do mestre Edgar Allan Poe (19/01), é com grande orgulho que nós, da Sala Reclusa, dedicamos esta humildade postagem elegendo, na opinião deste que vos escreve, os 10 melhores contos do renomado escritor norte-americano. Então, sem mais delongas, aqui vamos nós!

P.S:Caso vocês já tenham lido os contos da lista, ótimo! Caso contrário, recomendo que os leiam antes de ler isto aqui. Não é que vá ter spoilers, mas nunca se sabe....



  10 Histórias


Edgar Allan Poe



quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Cassino Royale (Livro) - Resenha

Saudações, fieis leitores! Retornando efetivamente ao meu posto neste humilde espaço virtual, trago até vocês o livro de estreia do famoso agente com licença para matar. Então, sem mais delongas, vamos ao que interessa:



segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Quando Explode a Vingança – Resenha Crítica

*Escrito por Lucas Freitas.

Saudações, fieis leitores! Antes de qualquer coisa gostaria de desejar a todos um feliz 2014. Agora, deixando de lado as formalidades, vamos falar sobre negócios, mais precisamente sobre um dos filmes menos considerados do mestre Sergio Leone.
(Divulgação)

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Carrie: A Estranha – Resenha Crítica

Salve, salve companheiros da Sala Reclusa, já estamos em 2014 e, hoje, estamos de volta ao trabalho de resenhar os grandes sucessos que estão no ar nos cinemas de todo o planeta. Para começar o ano com o pé direito, baixei uma série de filmes para poder escrever um pouco, alguns por indicação, outros por pura curiosidade, contudo, estreio em 2014 com o remake de Carrie: A Estranha. O filme foi dirigido por Kimberly Peirce, americana de 46 anos com poucos trabalhos no currículo, no elenco, os destaques vão para a falta de brilho da fofíssima e bela Chloë Grace Moretz (A Invenção de Hugo Cabret) e as boas atuações de Julianne Moore (Parque dos Dinossauros) e Judy Greer (Two and a Half Man).
Boa história para pouco filme. (Divulgação)