quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Coisas que você nunca tinha pensado sobre (ou assim espero)...

Saudações dos reinos abissais, fieis leitores! Após um período de ausência venho trazer alguns pensamentos que já venho discutindo à algum tempo com muitos amigos e que pode destruir a infância ou então fazer você refletir sobre coisas inúteis e perder alguns minutos do seu precioso tempo, então, vamos logo falar sobre uma das equipes mais conhecidas por todos...

                                                          Sim, são os Power Rangers

Fato número 1 - Os Rangers sempre aparecem dentro de alguma lanchonete, cybercafé ou outro estabelecimento comercial, sempre consumindo algo, mas poucos - ou nenhum - deles tem algum emprego para pagar as contas.

Fato número 2 - Onde eles carregam aquelas armas?

Fato número 3 - Um robô gigante caminha pela cidade e entra em confronto com monstros também gigantes, mas depois das lutas a cidade está inteira, sem crateras gigantescas nas ruas ou prédios demolidos. Adamantium nas obras públicas?

Fato número 4 - Se a equipe do mal  pode deixar o monstrão gigante, por que não iniciam os combates com eles gigantes?

Fato número 5 - Ainda falando dos monstros, se os batedores são inúteis que morrem com uma única porrada por que continuar enviando eles?

Fato número 6 - Se a equipe do mal tem praticamente um exército de monstros, por que enviar um de cada vez? Não poderia enviar logo uns 10 - e gigantes de preferência - para acabar com os Rangers?

Fato número 7 - Que tipo de exército conquistador interplanetário, ou interdimensional, intertemporal ou coisa que o valha apanha para um grupo de adolescentes sem treinamento militar ou físico?

Fato número 8 - Uma base secreta de alta tecnologia deve consumir uma energia lesa e o governo nunca notou nada de estranho?

Fato número 9 (Esse vem decorrente dos números 1 e 8) - Se nenhum dos Rangers trabalha, como eles mantém uma base de operações secreta e high tech?

Fato número 10 - Se você precisa deter uma investida de alguma horda invasora, por que contatar um grupo de adolescentes desocupados? Não seria mais lógico entrar em contato com o exército ou coisa que o valha?

Bom, por hora vou deixar apenas esses 10 apontamentos, depois dependendo da recepção do público pretendo dar continuidade a esta listinha, então...


E inté à próxima!